Palavras de esperança

Maria Teresa de Calcutá

Alegria é amor,
a consequência lógica
de um coração ardente de amor.
A alegria é uma necessidade
e força física.
A nossa chama arderá
dos sacrifícios feitos com amor
se somos cheios de alegria.

 

Estas páginas são dedicadas à minha mãe Helena e ao meu pai José,

exemplo luminoso de vida,

que do céu continua a estar perto de mim e a me ajudar.

 

Sonia Maria de Oliveira

Devemos dar vida aos nossos sonhos,
luz para nossa alma e fazer renascer
o Deus que está em cada um de nós,
dando senso a tudo aquilo que nos rodeia
e preenchendo de alegria e
de amor a nossa existência.

Rabindranath Tagore

“Dormi e sonhei que a vida era alegria.
Eu me levantei e descobri que a vida era serviço
Servi e aprendi que serviço era alegria”.

Sermão da Montanha

“E Jesus vendo a multidão subiu num monte, e sentando-se, aproximaram-se dele os discípulos.
E abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:
Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus.
Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
Bem-aventurados os que tem fome e sede de Justiça, porque serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque encontrarão a Misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a face e Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da Justiça, porque deles é o Reino dos Céus.
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem, perseguirem e mentirem, dizendo todo mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande vosso galardão nos céus, porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós”.

Mateus 5, 1-12

Oração pela Paz
Atribuída a São Francisco

”Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde há ódio, que eu leve o amor.
Onde há ofensa, que eu leve o perdão.
Onde há discórdia, que eu leve a união.
Onde há dúvida, que eu leve a fé.
Onde há erro, que eu leve a verdade.
Onde há desespero, que eu leve a esperança.
Onde há tristeza, que eu leve a alegria.
Onde há trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre,
Fazei que eu procure mais
consolar que ser consolado;
compreender que ser compreendido;
amar que ser amado.
Pois é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
é morrendo que se vive para a vida eterna”.

O sorriso

“Não custa nada e rende muito
Enriquece quem o recebe, sem empobrecer quem o dá.
Dura somente um instante, mas seus efeitos perduram para sempre
Ninguém é tão rico que dele não precise.
E ninguém é tão pobre que não o possa dar a todos.
Leva a felicidade a muita gente e a toda parte.
É o símbolo da amizade, da boa vontade. É alento para os desanimados; repouso para os cansados; raio de sol para os tristes; consolo para os desesperados
Não se compra nem se empresta.
Nenhuma moeda do mundo pode pagar seu valor”.

O Amor, di Gibran

“E alguém disse:
Fala-nos do Amor:

– Quando o amor vos fizer sinal, segui-o;
ainda que os seus caminhos sejam duros e difíceis.
E quando as suas asas vos envolverem, entregai-vos;
ainda que a espada escondida na sua plumagem
vos possa ferir.

E quando vos falar, acreditai nele;
apesar de a sua voz
poder quebrar os vossos sonhos
como o vento norte ao sacudir os jardins.

Porque assim como o vosso amor
vos engrandece, também deve crucificar-vos
E assim como se eleva à vossa altura
e acaricia os ramos mais frágeis
que tremem ao sol,
também penetrará até às raízes
sacudindo o seu apego à terra.

Como braçadas de trigo vos leva.
Malha-vos até ficardes nus.
Passa-vos pelo crivo
para vos livrar do joio.
Mói-vos até à brancura.
Amassa-vos até ficardes maleáveis.

Então entrega-vos ao seu fogo,
para poderdes ser
o pão sagrado no festim de Deus.

Tudo isto vos fará o amor,
para poderdes conhecer os segredos
do vosso coração,
e por este conhecimento vos tornardes
o coração da Vida.

Mas, se no vosso medo,
buscais apenas a paz do amor,
o prazer do amor,
então mais vale cobrir a nudez
e sair do campo do amor,
a caminho do mundo sem estações,
onde podereis rir,
mas nunca todos os vossos risos,
e chorar,
mas nunca todas as vossas lágrimas.

O amor só dá de si mesmo,
e só recebe de si mesmo.

O amor não possui
nem quer ser possuído.

Porque o amor basta ao amor.

E não penseis
que podeis guiar o curso do amor;
porque o amor, se vos escolher,
marcará ele o vosso curso.

O amor não tem outro desejo
senão consumar-se.

Mas se amarem e tiverem desejos,
deverão se estes:
Fundir-se e ser um regato corrente
a cantar a sua melodia à noite.

Conhecer a dor da excessiva ternura.
Ser ferido pela própria inteligência do amor,
e sangrar de bom grado e alegremente.

Acordar de manhã com o coração cheio
e agradecer outro dia de amor.

Descansar ao meio dia
e meditar no êxtase do amor.

Voltar a casa ao crepúsculo
e adormecer tendo no coração
uma prece pelo bem amado,
e na boca, um canto de louvor”.

Desci, te dando o braço, pelo menos um milhão de escadas
De Eugenio Montale

”Desci, te dando o braço, pelo menos um milhão de escadas
e agora que você não está aqui, está um vazio em cada degrau.
Assim como também foi breve a nossa longa viagem.
A minha dura ate agora, não preciso de mais nada
As coincidências, as reservas, as armadilhas, as desilusões de quem crê.
Que a realidade seja aquela que se vê.

Desci milhões de escadas te dando o braço
Não porque com quatro olhos se vêem melhor.
Contigo desci porque sabia que de nos dois
As únicas verdadeiras pupilas, apesar de tanto ofuscadas,
Eram as suas”.

Mantra-vida

Mantra para obter benções para nossa saúde (de Sergio Fonseca Barretto -fundador da yoga-suddha dharma mandalam-RP/sp-Brasil)

OM! ¥ ¥ ¥

24 HORAS POR DIA, EU RESPIRO E RECEBO:

A RIQUEZA TOTAL DE DEUS, MANIFESTADA EM FORMA DE AMOR DIVINO DENTRO DO MEU CORAÇÃO, DE PERFEITA SAÚDE FÍSICA E MENTAL, DE ABUNDÂNCIA DE BENS MATERIAIS, DE PAZ, DE ALEGRIA, DE FELICIDADE E DE SABEDORIA!
EU SOU UMA CHAMA VIVA DE AMOR PARA COM DEUS E PARA COM TODOS OS SERES !

OM! ¥ ¥ ¥

(Observação : Inspirar o ar, conscientizando cada palavra e expirar, eliminando todas as doenças)

(REPETIR: 24 VEZES PELA MANHÃ)
(REPETIR: 24 VEZES À NOITE).

No comentário de Davide contém tudo o sentido da minha pintura.

“Com muita atenção e participação vi as pinturas. Foi como entrar em um mundo do qual eu sinto falta, saudade, um mundo sereno, seguro, feito de sugestões, recordações, um mundo repleto de um imaginário benigno, sonhador e real que me transmite paz, amor e serenidade. A técnica de pintura, muito simples quase naif, não é pesada ou difícil para entender, aliás, ao contrario, é um canal perfeito e direto para interpretação. É uma lindíssima galeria de paisagens e pessoas, ou melhor, de homens, mulheres, crianças, moças, e também animais dos olhos brilhantes cheios de humanidade, candor e serenidade. Admirável o retrato de Vanito.
É um mundo aquele que você, Sonia, representa, e que talvez esteja muito longe da maior parte de nós, onde as ânsias, as dores, os desprazeres, as invejas, o ciúme, a doença, a morte parece tomar conta dos nossos pensamentos, mas é aquele mundo que nós queremos recuperar, fazendo silêncio e nos olhando nos olhos, e ouvindo a nós mesmos e aos outros. O mundo que todos nós podemos viver se somente pensássemos no amor como motor do nosso viver. É o mundo confortável dos sorrisos, da natureza forte e benigna, em movimento, das paisagens comoventes, o mundo do trabalho duro e honesto, dos afetos manifestados, da intensa espera e da alegria dividida, e de um Deus benigno que nos assiste e sorri conosco. Que saudade. Parabéns

Davide Desiderio

Romina Power

Ouvindo a música “Felicidade”, de Romina Power e Albano, senti no meu coração o desejo de escrever à Romina Power, atriz, escritora e artista plástica conhecida no mundo todo. Pedi a ela se poderia visitar meu site. Sabia que ela estava seguindo um caminho espiritual muito profundo, e assim com coragem e esperança lhe escrevi um e-mail. E ela, com muita simplicidade e com o coração, não somente me respondeu com uma linda carta, mas também deixou uma mensagem no meu livro de hóspedes.

“A espiritualidade transparece em cada quadro da Sonia. É uma pessoa solar que nos comunica abertamente, mostrando a interioridade dela e o mundo bonito que habita dentro dela. O mundo precisa de pessoas como a Sonia!”

Por isto, hoje eu posso cantar de alegria.

 

Essas são as minhas simples palavras pronunciadas no dia da inauguração 
da minha exposição “Vibrações de Cores”, que aconteceu em Istambul, 
de 16 a 24 de outubro de 2008.

O objetivo da minha arte

Boa noite. Em primeiro lugar, agradeço a Deus por este momento tão precioso. Estar aqui nesta maravilhosa cidade e fazer uma exposição das minhas pinturas, para mim, que venho de uma cidade longínqua no Brasil, é um sonho maravilhoso que se realiza.
Lembro-me da minha terra, o Brasil, que amo muito. Lembro-me da Itália dos meus avós, que partiram de uma pequena cidade do interior da região do Vêneto, para procurar sorte na América do Sul. Lembro-me da Turquia que se assemelha muito, pelas cores, pela humanidade das pessoas e pelo mar que se ilumina com o pôr-do-sol, às minhas duas pátrias amadas.
Agradeço aos amigos, compatriotas e, enfim, todos aqueles que estão presentes para celebrar comigo a inauguração desta exposição.
O objetivo da minha arte é, sobretudo, o amor e a doçura, que são os motores da vida; a espiritualidade, que nos dá força e ilumina nossa estrada para percorrer; e os sonhos, que nos dão energia e alimentam a vida.
Gostaria que vocês observassem o movimento, as ondas que existem nas minhas pinturas. Porque eu acredito na energia do pensamento que emana luz, que nos circunda e que está em tudo e em todos, dentro e fora de nós. Desejo com as minhas obras de arte levar serenidade, harmonia e beleza.
Eu, como pintora, nasci graças ao encorajamento do meu mestre artístico e espiritual brasileiro. Uma vez lhe perguntei: “O que significa a arte”? Ele me respondeu: “A arte é tudo aquilo que temos dentro de nós, a riqueza da nossa interioridade, somente assim uma arte poderá comover e emocionar”.
Eu, com muita humildade, procuro fazer tudo isto. Sei que ainda devo melhorar, mas as vibrações das minhas cores, são vibrações do meu coração a procura da perfeição em direção a Deus.
Essa noite, eu a dedico para as crianças do mundo todo, e especialmente para as crianças carentes de Istambul que não têm onde viver e o que comer. Esta exposição pretende ser um pequeno testemunho de solidariedade em relação a eles. Certamente uma pequena gota, mas que de certo modo é parte do grande oceano de amor.

Mensagen de Páscoa
Sérgio F. B. Barretto – Gnana Dhatha (Instrutor)

Senhor CRISTO:

1, Se eu puder…
SENTIR, nas horas de paz e meditação, a aproximação de Seu Santo Ser, no seio da raça humana!

2, Se eu puder . . .
VER a luminosa manifestação de Seu sublime espírito, no meio dos homens, imantando-os de Luz e Amor!

3, Se eu puder. . .
OUVIR a Sua voz silenciosa, no suave convite às criaturas em Seu Reino de glória e bem-aventurança!

4, Se eu puder. . .
TOCAR Sua aura brilhante e sentir a energia purificadora do Espírito de Deus fluindo através de Ti sobre a Humanidade, na transmutação das trevas em luz, da ignorância em sabedoria e do egoísmo em fraternidade!

5, Se eu puder. . .
OFERECER pensamentos, palavras e atos de bondade a todos os seres, sem restrição de nenhuma natureza!

6, Se eu puder. . .
ENTREGAR minha própria vida, numa submissão incondicional ao Espírito de Deus!

7, Se eu puder. . .
AMAR e sentir todos como membros da mesma Família e em cada ser a Sua Presença, livre de todos os preconceitos humanos!

SE TODOS ESSES SENTIMENTOS ENCONTRAREM RESSONÂNCIA EM MEU CORAÇÃO, SOMENTE ENTÃO, SENHOR, EU PODEREI COMPREENDER E VIVER O VERDADEIRO SENTIDO E MISTÉRIO DA PÁSCOA!

Fabiana Gutierrez de Oliveira

Sobre Sonia Maria de Oliveira

Descendente de italianos, Sonia Maria de Oliveira nasceu na cidade de Mandaguaçu, no interior do Paraná, tendo se mudado ainda criança com a família para Ribeirão Preto e permanecido em terras interioranas por grande parte de sua vida.

Formada em Odontologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), em São José dos Campos, exerceu a profissão de dentista por muitos anos. Mas foi quando decidiu morar na Itália, para viver com seu marido italiano que se aproximou das artes plásticas. Viu na pintura um escape para vencer a saudade e acabou descobrindo uma nova vocação que transformou sua vida, preenchendo-a de cores e alegria.

Sonia faz questão de dizer que ser pintora não é uma profissão, mas sim uma paixão que nasce da profundidade de sua alma. Autodidata, começou a pintar no início dos anos 2000. Aperfeiçoou suas técnicas com os ensinamentos da pintora italiana Carla Zóboli, de Módena (norte da Itália). Seu trabalho é todo inspirado em vivências e andanças mundo afora. Além do Brasil, já morou em países como Bolívia, Inglaterra, Turquia e Itália, onde reside atualmente.

As obras desta exposição induzem a imaginação do espectador pelas variadas culturas que compõem cada tela, refletindo a sensibilidade da artista sobre as diversas igualdades. As cores que representa são aquelas da natureza, da vida, da harmonia e da leveza que se unem para representar a luz. São cores vivas, fortes, alegres, que nos convidam à alegria da existência. Seus quadros carregam impressões particulares acerca de paisagens naturais que vão da Capadócia à Sicília, passando por retratos de anônimos desconhecidos a rostos familiares.

Já expôs suas pinturas em galerias em Manchester (Inglaterra), Istambul (Turquia), Carpi, Correggio e Cremona (Itália), e agora realiza sua primeira exposição de arte em terras brasileiras, em sua cidade do coração: Ribeirão Preto.

“Quando pinto a minha alma vibra, se eleva, e consigo exprimir sentimentos que vão além da materialidade. Agradeço a Deus por este dom”. Sonia Maria de Oliveira

“Com muita atenção e participação vi as pinturas. Foi como entrar em um mundo no qual eu sinto falta, saudade. Um mundo sereno, seguro, feito de sugestões, recordações, um mundo repleto de um imaginário benigno, sonhador e real que me transmite paz, amor e serenidade. A técnica de pintura, muito simples, não é pesada ou difícil para entender, aliás, ao contrário, é um canal perfeito e direto para interpretação. É uma lindíssima galeria de paisagens e pessoas, ou melhor, de homens, mulheres, crianças, moças, e também animais dos olhos brilhantes cheios de humanidade, candor e serenidade. É um mundo, aquele que você, Sonia, representa, e que talvez esteja muito longe da maior parte de nós, onde as ânsias, as dores, os desprazeres, as invejas, o ciúme, a doença, a morte parece tomar conta dos nossos pensamentos, mas é aquele mundo que nós queremos recuperar, fazendo silêncio e nos olhando nos olhos, e ouvindo a nós mesmos e aos outros. O mundo que todos nós podemos viver se somente pensássemos no amor como motor do nosso viver. É o mundo confortável dos sorrisos, da natureza forte e benigna, em movimento, das paisagens comoventes, o mundo do trabalho duro e honesto, dos afetos manifestados, da intensa espera e da alegria dividida, e de um Deus benigno que nos assiste e sorri conosco. Que saudade… Parabéns.” Davide Desiderio

“A espiritualidade transparece em cada quadro da Sonia. É uma pessoa solar que nos comunica abertamente, mostrando a interioridade dela e o mundo bonito que habita dentro dela. O mundo precisa de pessoas como a Sonia!” Romina Power

“Vendo as pinturas cheguei a pensar que o futuro tem um coração antigo na pintura de Sonia, sagradas emoções se atualizam, e as imagens antigas nos levam de volta a um passado que ainda nos emociona. Estou fascinado pelo uso das cores e rostos com fisionomias que me fizeram lembrar de uma viagem que fiz à América Latina, entre pessoas simples e pobres, que talvez por causa disso são mais próximas de Deus.” Gaetano Liguori

“Nas obras de arte de Sonia há luz, há vida, há esperança. Uma forte fé transcendental parece iluminar o seu caminho e a inspiração é espontânea quase guiada por uma força suprema. Sua pintura é leve e forte: leve quando a luz acaricia o rosto com as cores suaves do sagrado, forte quando expressa no criador todo poder da natureza… Em cada obra de arte sua emerge a alegria, o brilho e a consideração que é o maior presente de estar vivo para desfrutar do mundo.” Giovanni Gaspari

“Sonia, estamos muito contentes e Temos certeza de que seu sucesso está apenas começando, mesmo porque seus quadros são muito bonitos e como já lhe falei, transmitem mensagens esotéricas que deixam as pessoas que os vê, num estado de meditação transcendental. Somente os verdadeiros artistas, tem o dom de fazer através de suas obras, as pessoas passarem do mundo material pelo portal do mundo espiritual, e isto você faz com maestria. Em Istambul, cidade mística cheia de lendas e mistérios, propicia condições excepcionais e onde você desenvolveu com maestria um maravilhoso trabalho e continuamos torcendo por você. Um grande abraço e sucesso sempre”. Sonia Lorenzato e Fernado Cesar Seneda

 

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0

Commenta, e facci sapere la tua!  • Comente, e deixe-nos saber o seu!  • Comment, and let us know yours!

Loading Facebook Comments ...

Leave a Reply

«
»
Facebook IconTwitter IconVisualizza le mie opere su Instagram!facebook like buttontwitter follow button